Enfermagem alerta para ação em situações de emergência

O campus Tijuca da Universidade Veiga de Almeida (UVA) recebeu a segunda edição do Reanima Uva, realizado pelo curso de enfermagem, na última sexta-feira (06/09), no Piso Branco (Bloco A). O objetivo foi promover a prevenção da saúde em situações de emergência cardiovascular e orientar os alunos de todos os cursos, funcionários e professores, sobre a importância da realização das manobras de reanimação. Manequins foram utilizados para simular as situações de parada cardiorespiratória e desobstrução de vias aéreas superiores em adultos, crianças e bebês.

 

A parada cardiorrespiratória ocorre pela interrupção da circulação sanguínea, provocando a interrupção inesperada dos batimentos cardíacos. As causas são diversas: choque circulatório, choque séptico, doença cardiovascular, infarto, entre outras. Já a obstrução de vias aéreas superiores em adultos e bebês decorrem de engasgos com comida ou, no caso das crianças, brinquedos, moedas e outros objetos não comestíveis que podem ser ingeridos.

 

A ação demonstrou na prática o que fazer e não fazer em caso de risco de vida enquanto se espera a ajuda especializada chegar. O professor e mediador da ação, Vladmir Fernandes, atuou com os alunos da disciplina de emergência do curso, lembrando que as manobras servem para todos da academia, além das pessoas que passam pelo campus.  “Nosso objetivo é ensinar práticas de primeiros socorros como prevenção. Temos campanha como Outubro Rosa e doenças sexualmente transmissíveis, mas o programa de emergência também é algo que salva vidas”, disse.

 

A aluna Ayme Christina Rosa de Rarvalho, do décimo período, diz que é necessário ter noções de suporte básico de vida. Ela conta, também, um caso que aconteceu no último Reanima UVA: “uma esposa, com o marido e filho, passaram e pediram orientação para ajudar a filha mais nova com o engasgo. Então, é importante, porque com o conhecimento você pode salvar uma vida, seja parente ou não”, afirmou, mostrando a importância do evento.

 

Por Fabyene Melo, 6º período

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: